Aquático-SP: operação assistida começa nesta segunda (13/5) com viagens gratuitas | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Aquático-SP: operação assistida começa nesta segunda (13/5) com viagens gratuitas

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade . 13/05/2024
Mobilidade para quê?

Aquático-SP: operação assistida começa nesta segunda (13/5) com viagens gratuitas

O transporte coletivo por barcos está em fase de testes e começa a operar sem cobrar tarifa

2 minutos, 29 segundos de leitura

13/05/2024

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade

O barco transporta até 60 pessoas das 10h as 16h de graça, a travessia leva entre 12 e 17 minutos. Foto: Divulgação/SECOM

O sistema de transporte coletivo hidroviário Aquático-SP começa a funcionar hoje na Represa Billings, na Zona Sul da capital paulista. Em operação assistida, a fase de testes irá realizar viagens sem cobrança todos os dias até o final do ano. Nesse semana, as viagens vão ocorrer das 10h às 16h, a partir do dia 20 de maio o horário será ampliado até 17h.

O prefeito Ricardo Nunes (MDB) comentou sobre o período experimental do Aquático SP para o Diário do Transporte: “A operação assistida terá toda a equipe monitorando e acompanhando como será a evolução, a gente vai informando vocês se põe mais um barco, se espera mais um pouco, se aumenta o horário de atendimento”.

A viagem inaugural contou com a presença do prefeito da capital. A população fazia fila no local disputando por uma passagem nos próximos barcos. Segundo a prefeitura, a rota irá beneficiar 385 mil moradores da Zona Sul com viagens que ocorrem com intervalo de cerca de 30 minutos.

O sistema deveria ter sido inaugurado em fevereiro, mas foi adiado seguidas vezes.

A tarifa poderá ser paga com o Bilhete Único e será a mesma praticada pelos ônibus municipais: R$ 4,40

Aluguel de embarcação no Aquático-SP

Na manhã dessa segunda feira, 13 de maio, a prefeitura de São Paulo informou que alugou mais uma embarcação para o Aquático SP, além dos dois barcos já disponíveis.

Dessa forma, o governo municipal irá pagar R$ 45 mil por mês no aluguel do veículo que pode transportar 30 pessoas.

Entretanto, a embarcação vai operar apenas se a demanda do público for alta, evitando superlotação das naves da prefeitura, que transportam até 60 pessoas.

5,6 km pela Represa Billings

Uma nova linha de ônibus começou a operar hoje e irá ligar o Terminal Mar Paulista ao Terminal Santo Amaro. Foto: Divulgação.

A princípio, a empresa Transwolff tinha concessão do transporte aquaviário na capital paulista. No entanto, desde que a companhia passou a ser alvo de investigação pelo Ministério Público por uma possível ligação com o PCC, a prefeitura realizou a transferência das embarcações.

Dessa forma, a operação do Aquático-SP passou para SPTrans, gerenciadora de transportes por ônibus de São Paulo.

O sistema de transporte hidroviário irá ligar os parques Cantinho do Céu e Mar Paulista, percorrendo 5,6 km pela represa Billings. Sendo assim, o trajeto, que leva em torno de 1h20min de carro ou ônibus, deverá ser feito entre 12 e 17 minutos pelos barcos.

A prefeitura também colocou em operação uma linha de ônibus que liga o Terminal Mar Paulista, do Aquático SP ao Terminal Santo Amaro. A nova linha, nomeada 627M-10 Mar Paulista – Terminal Santo Amaro, tem o objetivo de ligar o sistema de transporte público de barcos aos ônibus, trens e metros da capital.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login