Mobilidade para quê?

Conheça nossas novas embaixadoras que vão discutir a mobilidade feminina

Bia Figueiredo, Bruna Frazão e Karina Simões terão colunas mensais aqui no Mobilidade para falar sobre os desafios que as mulheres enfrentam ao se locomover

2 minutos, 57 segundos de leitura

20/10/2021

Por: Marina Oliveira

embaixadoras mobilidade feminina
Bia Figueiredo, Bruna Frazão e Karina Simões são as novas embaixadoras do Mobilidade. Fotos: Jr Duran e Divulgação

A partir desta semana, o Mobilidade passa a ter três novas vozes femininas no time de embaixadoras: Bia Figueiredo, piloto profissional e a primeira brasileira a correr pela Fórmula Indy; Bruna Frazão, publicitária especializada em marketing esportivo e Karina Simões, jornalista especializada no mercado automotivo. Elas terão um tema em comum em suas colunas: a mobilidade feminina, o papel e as dificuldades das mulheres em se locomover em grandes centros. 

“Para mulheres, se locomover no Brasil ainda é extremamente desafiador e inseguro. Somos visadas no carro para assaltos, assediadas no transporte público ou simplesmente ao andar na rua”, diz Bia Figueiredo, a primeira delas a estrear no Mobilidade, com a coluna O grande mito da “mulher no volante”

Bruna Frazão defende que a mobilidade feminina deve ser mais falada e discutida para encontrar apoio nas próprias mulheres e incentivar projetos que melhorem o ir e vir delas. “Não podemos normalizar a realidade que vivemos em grandes centros urbanos. Não é normal sentir medo ou se sentir desprotegida toda vez que saímos de casa”, diz. 

Karina Simões completa o coro: “Ninguém pensa que determinado modal considerado comum para os homens, por exemplo a bicicleta, pode causar medo ou insegurança nas mulheres por diversos fatores”, fala. 

Cada mês, uma delas vai expor o seu ponto de vista e vivência aqui no portal. A seguir, conheça mais as novas embaixadoras.

Bia Figueiredo


Primeira brasileira a correr em uma categoria top do automobilismo mundial, a Fórmula Indy.  Bia disputou a  Stock Car de 2014 a 2019. Ela é a primeira mulher do mundo a vencer na Firestone Indy Lights, a única a vencer na Fórmula Renault, a conquistar uma pole position na Fórmula 3 e a disputar e vencer no Desafio das Estrelas, torneio anual de kart organizado por Felipe Massa. 

É também a primeira brasileira a conquistar um lugar no grid e a disputar as 500 Milhas de Indianápolis e um campeonato integral da Fórmula Indy. 

Bia Figueiredo iniciou sua carreira aos 8 anos de idade e completa 28 anos de carreira em 2021. Em 2020 e 2021 Bia deu uma pausa na carreira para se tornar mãe de dois filhos. Atualmente, concilia sua agenda de mãe com dar palestras, curso de direção preventiva,  participar de eventos e liderar, como sócia, uma agência de conteúdo. Ela se prepara para voltar às pistas em 2022.

Bruna Frazão

Publicitária especializada em marketing esportivo, atuou no motorsport nacional por 11 anos e é a fundadora do Ladies Drive Brasil. Recentemente trocou a gasolina pelas baterias de íons de lítio.

“Como sou apaixonada pelo mundo dos veículos elétricos e energia renovável, vou trazer esses temas para dentro do mundo feminino e falar como mulheres são mais engajadas em temas sustentáveis”, conta Bruna. 

Karina Simões

Apaixonada por carros e motos desde a infância, conseguiu unir no jornalismo automotivo trabalho e paixão. Cobriu os principais lançamentos e salões ao redor do mundo nos últimos dez anos, além de ralis como Dakar e Sertões, corrida de subida de montanha de Pikes Peak, expedições pelo Pantanal e Atacama. 

É a única brasileira a encarar uma expedição pela Cordilheira do Himalaia a bordo de uma motocicleta. “Como motociclista, acho importante mostrar como os veículos de duas rodas podem ser grandes aliados das mulheres na busca por autonomia, empoderamento, agilidade e manutenção da autoestima”, diz. 

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login