Aeroporto de Congonhas terá área exclusiva para embarque em carros de aplicativo | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Aeroporto de Congonhas terá área exclusiva para embarque em carros de aplicativo

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade . 12/06/2024
Mobilidade para quê?

Aeroporto de Congonhas terá área exclusiva para embarque em carros de aplicativo

Prefeitura determinou a medida para tornar o uso desse serviço mais organizado; saiba mais

1 minuto, 25 segundos de leitura

12/06/2024

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade

Aeroporto de Congonhas em vista panorâmica
Ainda sem local definido, a instalação da Zona de Embarque de Aplicativos deve impactar apenas quem chega no aeroporto voando. Foto: Ariadne Barroso - stock.adobe.com

A Prefeitura de São Paulo determinou que o Aeroporto de Congonhas defina uma Zona de Embarque de Aplicativos (ZEA). O local será ponto de embarque para passageiros que usam serviços como Uber e 99. A resolução teve emissão no Diário Oficial da cidade na última sexta-feira (10 de junho) e deve entrar em vigor dentro de um mês.

Leia também: Maioria das pessoas que aluga veículo no Brasil não pretende comprar carro próprio, afirma pesquisa

Em outubro do ano passado a Secretaria Executiva de Transporte e Mobilidade Urbana (SETRAM) já tinha aberto uma consulta pública sobre o tema. O objetivo era “disciplinar o embarque de passageiros em veículos de aplicativos no Aeroporto de Congonhas”.

À época, a SETRAM afirmou que “os carros de aplicativo e táxi acabam ocupando as mesmas áreas de acesso para pegarem as pessoas que desembarcam dos voos”, prática que ocorre até hoje.

Por fim, os viajantes que chegam no aeroporto de Congonhas podem continuar desembarcando nos mesmo pontos já autorizados anteriormente.

Onde será a Zona de Embarque de Aplicativos no Aeroporto de Congonhas?

De acordo com a prefeitura: “O espaço será sugerido pela concessionária e precisará de aprovação e sinalização das autoridades de trânsito para o início da operação”. Sendo assim, cabe à administração do aeroporto de Congonhas definir o local.

Por fim, o Poder Público também determina que “a fiscalização sobre o serviço das operadoras de carros de aplicativos no local será de responsabilidade do Departamento de Transportes Públicos (DTP)”. O não cumprimento das regras e estacionamento em área incorreta pode acarretar multa para o motorista.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login