Ciclovias em Campinas, prefeitura amplia as vias para bicicleta no município | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Ciclovias em Campinas, prefeitura amplia as vias para bicicleta no município

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade . Há 10 dias
Mobilidade para quê?

Ciclovias em Campinas, prefeitura amplia as vias para bicicleta no município

Cidade investe em segurança viária e mobilidade ativa

1 minuto, 59 segundos de leitura

10/06/2024

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade

pessoas caminham em ciclofaixa
O município possui mais três projetos de ciclovias nos Parque Ecológico “Hermógenes de Freitas Leitão”, Parque Via Norte e José Paulino. Foto: Divulgação/Rogério Capela e Prefeitura de Campinas

A prefeitura de Campinas está investindo cerca de R$ 6,5 milhões na construção de rotas cicloviárias na cidade. A entrega de ciclovias em Campinas faz parte de um esforço do Poder Público para incentivar a mobilidade ativa. Atualmente existem seis obras de expansão da malha cicloviária em execução e mais três projetos previstos. O município atingiu 107,48 km de rotas cicloviárias neste ano.

Leia também: 34% das mortes no trânsito de Campinas ocorreram por excesso de velocidade

A Ciclovia Vila União, entrega mais recente que ocorreu em 28 de maio, possui 3,4 km de extensão e interliga o Parque Ecológico Luciano do Valle, o Centro de Saúde Vila União e o Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Margarida Maria Alves. Ao mesmo tempo, a rota também passa pelo Parque para Pets da cidade, por um campo futebol e por praças públicas.

“Nesta gestão, foram mais de 40 km (41 km) já entregues de rotas cicloviárias. E vamos continuar trabalhando para interligar as ciclovias e ciclofaixas, aqui na cidade”, afirma Vinicius Riverete, presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec).

Projetos em execução e obras planejadas

A prefeitura possui seis projetos de ciclovias em execução em Campinas. Em primeiro lugar, dentre as vias com menor extensão teremos as ciclovias Campos Sales, com 700 metros, e José Bonifácio, com 440 metros.

O Poder Público também cita a ciclofaixa que vai interligar a Avenida Mercedes Benz e o Terminal Ouro Verde, tendo 8,5 km de extensão e passando por pontos de integração com transporte público.

Ao mesmo tempo, 2,6 km de ciclovias também são previstos na região do Parque Prado em um projeto que é contrapartida da Construtora MRV. Por sua vez, a futura via Campina Grande-São Luiz deverá ter 2,95 km e vai conectar ciclofaixas existentes e o terminal BRT Campo Grande. Por fim, o trajeto Garcia – Londres terá 1,84 km e passará pela avenida John Boyd Dunlop.

Ainda sem início definido para as obras, a prefeitura alega que irá construir rotas cicloviárias no Parque Ecológico “Hermógenes de Freitas Leitão” (4,8 km), no Parque Via Norte (4,7 km) e José Paulino (0,82 km).

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login