Jundiaí analisa emissão de poluentes de sua frota de ônibus | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Jundiaí analisa emissão de poluentes de sua frota de ônibus

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade . Há 9 dias
Mobilidade para quê?

Jundiaí analisa emissão de poluentes de sua frota de ônibus

Cidade do interior de SP está verificando a se ônibus emitem gases que causam câncer

1 minuto, 40 segundos de leitura

11/06/2024

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade

Jundiaí, vista panorâmica
A cidade não possui ônibus elétricos e está verificando a emissão de poluentes de sua frota. Foto: Divulgação/Abobe Stock

Jundiaí começou um processo de aferição para analisar se emissão de óxidos de nitrogênio (Nox) da frota de ônibus da cidade está acima da permitida. Cada um dos 266 ônibus do município terá medição individual, a análise deve terminar até sexta-feira (14 de junho).

Leia também: Ciclovias em Campinas, prefeitura amplia as vias para bicicleta no município

Os óxidos de nitrogênio são gases poluentes podem causar edemas pulmonares e gerar câncer em seres humanos, além de serem responsáveis pelo efeito estufa.

Como a prefeitura mede as emissões dos ônibus?

A aferição de Nox ocorre por meio de um opacímetro, esse equipamento “possibilita a medição da densidade da fumaça coletada por meio de uma sonda instalada no tubo de escape, em um ambiente fechado (com o veículo ligado, mas estacionado)”, informou a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte em entrevista ao Mobilidade Estadão.

“Caso algum veículo seja identificado fora dos padrões, ele deve ser recolhido e levado para a manutenção necessária, pois o índice desse material irregular jogado na atmosfera é altamente cancerígeno”, afirmou Alexandre Nascimento, Técnico Ambiental do Programa Despoluir CNT/SEST/SENAT em nota emitida pela prefeitura.

A frota de Jundiaí

Jundiaí tem uma frota de 266 ônibus. De acordo com o Departamento de Transporte Público: “os veículos têm motores a diesel mais eficientes e menos poluentes – (Euro 5 e Euro 6)”.

A cidade de Jundiaí não possui nenhum ônibus elétrico até o momento. A Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte do município ressalta que também não há previsão para compra de veículos desse tipo.

Por fim, todo os dias cerca de 90 mil pessoas usam esse modal de transporte na cidade. O município conta com sete terminais rodoviários espalhados pelo município, por meio desses os usuários podem fazer integração gratuita e viajar pela cidade.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login