Mobilidade para quê?

Yamaha apresenta scooter híbrida na Índia; veja como funciona

Nova scooter Fascino 125 Fi conta com motor elétrico que ajuda o motor de 125cc a combustão nas arrancadas e promete economia de combustível, além de menor emissão de gases

3 minutos, 23 segundos de leitura

28/06/2021

Por: Arthur Caldeira

Apesar de seu visual retrô, a scooter Fascino 125 Fi conta com iluminação de LED e conexão Bluetooth. Fotos: Divulgação / Yamaha

A Yamaha revelou na Índia a nova geração da scooter Fascino de 125cc, que ganhou visual novo, conexão Bluetooth e o sistema Start & Stop. Entre as diversas mudanças, a grande novidade da scooter Yamaha está na tecnologia híbrida.

Embora não seja nenhuma novidade entre os automóveis, a tecnologia híbrida, que mescla motores a combustão e elétricos, para economizar combustível e poluir menos, ainda engatinha entre as motocicletas. Além da Yamaha, apenas a Honda conta com uma versão híbrida da scooter PCX 150, à venda nos mercados asiáticos.

Como funciona

Tanto que a tecnologia híbrida aplicada na scooter de 125 cc da Yamaha tem o mesmo princípio do sistema adotado pela Honda. A nova geração do Fascino conta com um motor de partida inteligente. Chamado de Smart Motor Generator (SMG), o motor elétrico é o responsável por partidas mais silenciosas e também pelo sistema Start & Stop, que desliga o motor a combustão em paradas mais longas e volta a ligá-lo quando o motociclista gira o acelerador.

A grande sacada é que o SMG também funciona como um motor elétrico e dá uma assistência ao motor a combustão, quando você acelera depois de uma parada. A “ajuda” do motor elétrico dura cerca de três segundos e faz com que a Fascino 125 tenha uma resposta mais rápida do que as scooters convencionais de mesma capacidade cúbica.

Na prática, o motor de partida do Fascino dá um “empurrãozinho” para o motor a gasolina

Depois desse tempo, ou quando a rotação do motor atinge determinado limite, o sistema de assistência do motor elétrico é desligado e o motor a combustão mantém a scooter em movimento.

Na prática, é como se o motor de partida do Fascino desse um “empurrãozinho” para o motor a gasolina. De acordo com a Yamaha Índia, o sistema híbrido proporciona 16% a mais de economia de combustível, quando comparado à versão a gasolina vendida atualmente naquele país.

OFERTAS 0KM

Mercado

Atualmente, a Índia é um dos maiores mercados de motocicletas do mundo e enfrenta sérios problemas de poluição em grandes cidades como nova Déli, Mumbai e Chennai. A Fascino 125 Fi Hybrid é voltada a consumidores na faixa dos 20 anos, que procuram um veículo barato e econômico para o dia a dia, mas também acreditam que é importante que sua opção de mobilidade seja sustentável, de acordo com a fábrica japonesa.

Apesar de já ter sido apresentado ao mercado indiano, a Fascino 125 Hybrid ainda não chegou às lojas, nem seu preço foi definido. A versão a gasolina, vendida atualmente, custa 74.530 rúpias indianas, ou seja, cerca de R$ 5 mil. De acordo com a imprensa indiana, o modelo deverá custar cerca de 20% a mais.

Tecnologia híbrida da scooter Fascino também deve chegar a outros modelos

Durante o evento de lançamento, o presidente da Yamaha Motor India, Motofumi Shitara, afirmou: “A Yamaha apresentou vários produtos interessantes com características únicas na Índia. O novo Fascino 125 Fi Hybrid aplica energia elétrica pela primeira vez em nossos veículos de duas rodas no mercado indiano. Temos certeza de que o novo Fascino 125 Fi proporcionará aos clientes uma rica experiência de condução”.

Além disso, o presidente da empresa afirmou que a Yamaha planeja expandir essa tecnologia para a Ray ZR 125 Fi em breve, fazendo referência a outro modelo de scooter vendido pela marca no mercado indiano. “Continuaremos a oferecer produtos tecnologicamente avançados que atendem às necessidades crescentes dos jovens clientes indianos”, finalizou o executivo.

Dificilmente o modelo Fascino 125 venha para o Brasil. Porém, a tecnologia SMG já está presente na scooter NMax 160, vendida pela Yamaha no mercado nacional. O Smart Motor Generator da NMax, entretanto, oferece apenas o sistema Start & Stop, atualmente, mas não seria difícil trazer a tecnologia aplicada na scooter indiano para o modelo comercializado no Brasil.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login