Voltar
Meios de transporte

Nova Yamaha NMax 160 2021 fica ainda mais prático

Scooter ganhou visual novo, motor com Stop&Start, chave de presença e porta-luvas com tomada 12V; preço sugerido é de R$ 14.990

Arthur Caldeira

17/11/2020 - 5 minutos, 24 segundos


Yamaha NMAx 160 2021
Clique na foto acima e assista ao vídeo para ver tudo o que mudou na scooter Yamaha. Fotos: Divulgação Yamaha

Leia mais:
Agilidade e baixo custo popularizam a moto como meio de transporte para o dia a dia
10 tecnologias de ponta que já chegaram nas motos
Motos diminuem trânsito e emissão de poluentes nas cidades

Scooters são veículos práticos por natureza. Fáceis de pilotar, têm câmbio automático, espaço de armazenagem sob o banco e baixo consumo de combustível são princípios fundamentais na concepção desse tipo de moto. Na nova geração da NMax 160, que chega às lojas em dezembro com preço sugerido de R$ 14.990, a Yamaha incorporou novidades que deixaram o modelo ainda mais prático.

Terceira scooter mais vendida do país, a NMax 160 2021 foi totalmente renovada. Das rodas, passando pelo quadro e motor e até o design são novos. A começar pelos faróis e lanterna traseira que agora são de LED. A tecnologia, além de iluminar melhor do que as lâmpadas convencionais, tem maior durabilidade e consome menos energia da bateria. O para-brisa mais alto também ajuda a desviar o vento e proporcionar mais conforto ao condutor.

Por falar em conforto, a nova NMax 160 também teve seu banco redesenhado: seu formato está mais anatômico e alongado. Graças ao novo chassi, o túnel central está mais estreito e a plataforma foi ampliada, para acomodar melhor os pés. Mudanças que beneficiam quem percorre longas distâncias ou roda o dia inteiro com a scooter.

Motor mais econômico 

O motor manteve a base da geração anterior, com um cilindro, 155 cm³ de capacidade, refrigeração líquida e o câmbio automático CVT – ou seja, não tem embreagem nem marchas, basta acelerar. Mas sofreu mudanças internas para render 15,4 cv a 8.000 rpm. Vale destacar que o desempenho é um dos pontos fortes da scooter Yamaha na categoria.

Seu grande diferencial é o comando variável de abertura das válvulas, que já é utilizado em automóveis. Na prática, faz com que o motor tenha bom torque para arrancadas, sem prejudicar o desempenho em altos giros. A velocidade máxima fica em torno de 115 km/h. 

Modelo chega às lojas em dezembro em três opções de cores: azul, branca e preta

Outra novidade bem-vinda para quem roda muito é que a Yamaha adotou o sistema Stop&Start, que desliga o motor em paradas mais longas para evitar o desperdício de combustível e diminuir a emissão de poluentes. A novidade coloca a scooter da Yamaha em igualdade com sua principal concorrente, a Honda PCX 150 que utiliza um sistema semelhante desde seu lançamento em 2013.

Neste primeiro contato com a nova scooter, rodamos cerca de 70 quilômetros em percurso urbano e não foi possível medir o consumo. Mas, certamente, deve ser melhor do que os 38 km/litro do antigo modelo. Com o novo tanque, com capacidade para 7,1 litros, a autonomia deve superar os 250 quilômetros. 

Comodidades

Outra facilidade da NMax 160 2021, para quem usa a scooter como opção de mobilidade no dia a dia, é a nova chave de presença (Smart Key). Em vez de ter que enfiar a chave no miolo de ignição, basta carregar a Smart Key no bolso, para liberar a partida da moto, abrir a tampa de combustível e também o assento.

Sob o banco, o compartimento tem capacidade para 25 litros. Pode-se guardar um capacete fechado e outros pequenos objetos. A nova NMax ganhou ainda dois porta-luvas na parte de trás do escudo frontal, para armazenar carteira, chaves e até a luva. Um deles tem tampa e o outro não – neste último há ainda uma tomada 12V, para carregar o smartphone.

Para completar, a NMax 160 ganhou um novo painel, totalmente digital, com formato retangular e de fácil visualização. Completo, possui hodômetro total e dois parciais, relógio, computador de bordo que indica o consumo instantâneo e médio de combustível, nível de carga da bateria, temperatura do motor e até o indicador V-BELT, que mostra quando é hora de fazer a manutenção na transmissão CVT.

OFERTAS 0KM

ABS nas duas rodas

Outro diferencial da NMax 160 são os freios. A scooter Yamaha tem disco e sistema ABS (antitravamento) em ambas as rodas, o que evita o travamento das rodas em frenagens de emergência ou no piso escorregadio. 

As suspensões foram recalibradas para oferecer um amortecimento mais progressivo e mais conforto ao passar em imperfeições das vias. Durante o teste, o sistema absorveu bem as ondulações do asfalto e não chegou ao fim de curso, mesmo em valetas e lombadas. Desde que, é claro, a velocidade seja compatível e se respeite as limitações das rodas de 13 polegadas.

No geral, a nova Yamaha NMax 160 evoluiu bastante, mas sem perder suas qualidades. Seu design ficou mais moderno, com linhas arredondadas, e ainda incorporou equipamentos práticos e úteis para os usuários de scooter. Além, é claro, de equipará-lo à Honda PCX 150, modelo mais vendido do segmento scooter no Brasil, que, na versão com Smart Key e freio ABS apenas na roda dianteira, tem preço sugerido de R$ 13.990. 

A scooter da Yamaha chega às lojas em três opções de cores – azul e branco metálicos e preta fosca – com quatro anos de garantia. O preço de R$ 14.990 é sem frete, assim como o modelo Honda. 

Cinco novidades da Yamaha NMax 160 2021

Confira as mudanças que deixaram a scooter de 160cc da Yamaha ainda mais prática para rodar no dia a dia.

Smart Key

O chaveiro de presença libera a ignição da moto por aproximação, além de permitir a abertura do tanque de combustível e do compartimento sob o assento.

Motor com “Start & Stop”

O sistema desliga o motor automaticamente em paradas longas (mais de cinco segundos), reduzindo o consumo de combustível e a emissão de poluentes. O motor volta a funcionar quando o condutor gira a manopla do acelerador.

Novo painel digital  é destaque na Yamaha NMax 160

O painel digital tem display maior e melhor distribuição das informações. Além disso, a lente tem um acabamento especial que elimina reflexos, contribuindo para a visualização. 

Tomada 12V

A scooter tem dois porta-objetos, um deles com uma tomada 12V para carregar o smartphone. Funcionalidade muito útil para quem está sempre conectado.

Faróis e lanterna em LED

O novo conjunto óptico usa tecnologia LED, que ilumina melhor e dura mais. Outra novidade é o pisca-alerta, que ajuda a sinalizar em caso de emergência e garante mais segurança.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login