Voltar
Connected Smart Cities

Começa a temporada da mobilidade elétrica no Connected Smart Cities

A realização de séries temáticas pretende acelerar o desenvolvimento do setor no País em busca de uma mobilidade mais sustentável

2 minutos, 33 segundos de leitura

16/06/2021

Garagem e ponto de recarga de ônibus elétricos em Bogotá, Colômbia. Crédito: Divulgação Enel

O Connected Smart Cities & Mobility irá realizar duas séries temáticas sobre mobilidade elétrica, com o objetivo de discutir o desenvolvimento sustentável do setor no País. Segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), as vendas de veículos eletrificados no Brasil bateram um novo recorde, em 2020, com aumento de 66,5%, em relação a 2019, representando 1% da frota nacional de automóveis.

De acordo com Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, “a tendência é que exista crescimento significativo de veículos elétricos nos próximos anos. Para que essa projeção continue otimista, é necessário que seja criado um ecossistema de mobilidade elétrica, fornecendo bases necessárias para a transição para uma mobilidade mais sustentável”.

A série Como a Iniciativa Privada Pode Acelerar a Transição para a Mobilidade Elétrica será realizada em parceria com a Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME), e terá o primeiro encontro no dia 24 de junho. Segundo Marcus Regis, coordenador executivo da PNME, “as políticas públicas para o desenvolvimento da mobilidade elétrica no Brasil não podem prescindir das contribuições do setor privado – um dos grandes impulsionadores da inovação na sociedade”.

Horizontes do mercado

O objetivo da série é discutir o papel de empresas relacionadas aos segmentos de veículos, serviços de recarga, eletropostos e infraestrutura, além de empresas de sharing e locação de veículos somadas às de delivery, e-commerce e investidores imobiliários: “Nossa principal missão, na PNME, é garantir que todos os setores implicados tenham voz – no caso do setor privado, empresas de todos os tamanhos. Essa iniciativa é parte desse esforço”, destaca Regis.

A série Os Desafios da Eletrificação do Transporte no Brasil será realizada em parceria com a Enel X e tem como propósito discutir os horizontes do mercado para o setor, destacando as oportunidades associadas ao desenvolvimento da mobilidade elétrica no Brasil. De acordo com Carlos Eduardo Cardoso de Souza, head de business to government da Enel X Brasil, “a descarbonização da mobilidade urbana deve ser prioridade máxima e requer um esforço massivo dos setores público e privado, o que reforça a importância de iniciativas como a série temática organizada pelo Estadão e a Connected Smart Cities”.

“Mais da metade da população mundial reside em cidades, o que contribui significativamente para as emissões de carbono por meio do transporte público, segmento responsável por mais de 50% dessas emissões. A Enel X pretende ser um parceiro-chave e impulsionador na construção das cidades inteligentes, enderençando os desafios atuais e futuros da transformação e descarbonização dos centros urbanos por meio da eletrificação com soluções inovadoras e sustentáveis”, afirma Souza.

As séries serão realizadas de maneira virtual. Para conferir a programação, inscreva-se pelo site do evento Connected Smart Cities & Mobility 2021: https://evento.connectedsmartcities.com.br

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login