Connected Smart Cities

Prêmio Connected Smart Cities divulga finalistas da sétima edição

A premiação estimula soluções que auxiliem na construção de cidades inteligentes

2 minutos, 26 segundos de leitura

18/08/2021

Foto: Divulgação Necta

Realizado pela Necta, em parceria com a Neurônio Ativação de Negócios e Causas, e Urban Systems, o Prêmio Connected Smart Cities promove a discussão e a troca de experiências entre governos, empresas e organizações da sociedade civil. Os vencedores serão conhecidos, com exclusividade, na edição do caderno Mobilidade, no dia 1o de setembro. Além das cidades mais inteligentes do País, o ranking também irá revelar as empresas que mais se destacaram em negócios nos 11 eixos avaliados, relacionados às smart cities, e que tragam melhorias às populações das cidades.

Planta Feliz, por exemplo, é um negócio ambiental que coleta resíduos orgânicos, faz compostagem, transforma adubo natural e o comercializa como matéria-prima na cidade de São Paulo. Outro finalista com atuação direta no meio ambiente é o Sistema Monitora Horus, que combina imagens de satélite, drones e inteligência artificial para fazer a identificação de obras irregulares e desmatamento.

Em educação, o Erê Lab desenvolve espaços lúdicos e educativos que estimulam a cooperação da sociedade em prol da infância, com base em uma metodologia de triangulação entre a gestão pública, o financiador e a comunidade. No mesmo eixo, o finalista Lemobs Alimentação Escolar reduz o desperdício da merenda, melhorando os cardápios com acompanhamento nutricional de alunos.

Em mobilidade urbana, vários finalistas se destacaram. Entre eles, a Grilo Mobilidade e Tecnologia, que identifica problemas que os cidadãos enfrentam na locomoção de distâncias curtas. A operação da startup tem como base deslocar pessoas e mercadorias em veículos 100% elétricos, proporcionando uma mobilidade mais sustentável.

A Spacein oferece uma plataforma customizada para organizar o fluxo de pessoas dentro das empresas e coworkings: controlando fluxos, validando protocolos de higiene e agendando o uso de mesas e salas nos escritórios compartilhados, a plataforma auxilia empresas que adotam o modelo híbrido de trabalho.

O Wiigo é um dispositivo utilizado para gerenciar o compartilhamento de bicicletas, patinetes e veículos elétricos por usuários, condomínios e empresas.

E a On.I-Bus promove maior acessibilidade para o transporte coletivo, com base em ônibus adaptados para transportar pessoas com deficiência motora, temporária ou permanente.

Em tecnologia, o finalista Dívida Ativa Eficiente fomenta a arrecadação municipal por meio de estratégias tecnológicas de recuperação de dívidas públicas, sobretudo de secretarias municipais de Finanças ou da Fazenda.
Por fim, o Método Bumerange atua no setor da saúde, proporcionando o gerenciamento de resíduos: papéis, plásticos e gases gerados seguem para diferentes processos de reciclagem, melhorando as técnicas sob o ponto de vista da sustentabilidade ambiental e econômica.

A premiação está no contexto do evento nacional Connected Smart Cities & Mobility 2021, que acontece em setembro.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login