Connected Smart Cities

Tetracampeã no tópico crescimento econômico

Cidade de Barueri, na região metropolitana da Grande São Paulo, conquista primeira posição no eixo pela quarta vez

1 minuto, 16 segundos de leitura

01/09/2021

Estímulo à geração de empregos e às empresas de economia criativa. Foto: Junior Holanda | Secom

O recorte de Economia é composto por 14 indicadores, sendo 7 concebidos para o próprio eixo Economia, 3 para Empreendedorismo, 2 para Educação, 1 para Tecnologia e Inovação e 1 para Mobilidade e Acessibilidade.

A nota máxima nesse recorte é de 14 pontos, composta pelo seguinte peso: 1 ponto para todos os indicadores. Esse eixo engloba indicadores relativos à renda da população, ao crescimento econômico de diferentes setores relevantes para a cidade (no sentido inteligente), à sustentabilidade econômica do município, à origem da receita e à proporção do número de empregos disponível.

EMPREGOS E GERAÇÃO DE RENDA

A cidade de Barueri (SP) se mantém como a mais bem posicionada em Economia, sendo novamente, como na edição 2020, o município com mais empregos para cada habitante em idade adulta, considerando pessoas acima dos 18 anos de idade.

Dessa forma, é 1,41 emprego para cada residente nessa faixa etária. Barueri também conta com 95,4% dos empregos formais no setor privado e possui 60% de toda receita municipal própria, ou seja, não oriunda de repasses.

Em 2021, a cidade registra crescimento de 10,5% dos empregos, e o aumento de empresas, no último período analisado, é de 2,55%. No eixo Empreendedorismo, que possui relação direta com Economia, Barueri observa avanço de 8,3% no número de empresas do setor de tecnologia, e excepcional crescimento de companhias de economia criativa de 9,16%.

  • 1,41 emprego para cada adulto (a partir dos 18 anos)
  • 10,5% de crescimento nos empregos, em 2021
  • 9,16% de elevação no número de empresas de economia criativa

Para saber mais, acesse: ranking.connectedsmartcities.com.br

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login