Logo
Patrocínio
Entender

Dou partida e o carro não pega, e agora?

Saiba como identificar e solucionar possíveis problemas sem correr riscos

2 minutos, 56 segundos de leitura

11/10/2021

carro não pega o que fazer
Foto: Pexels

Graças ao avanço da tecnologia, é cada vez mais difícil o motorista “ficar na mão” ao tentar ligar o carro e o motor não funcionar. Mesmo assim, esse problema pode ocorrer – inclusive com quem cuida da manutenção preventiva do veículo – de duas maneiras: quando você gira a chave no contato e nada acontece ou quando o motor ameaça, mas não entra em funcionamento.

No primeiro caso, é bastante provável que a pane esteja na parte elétrica, provocada pela bateria com pouca (ou nenhuma) carga ou por motivo similar, impedindo o funcionamento do motor de arranque. A recomendação inicial é abrir o capô e verificar se os cabos estão fixados corretamente na bateria. 

Depois, veja se as luzes do carro (lanternas, faróis e até os indicadores no quadro de instrumentos) funcionam normalmente. Se elas estiverem fracas ou nem acenderem, a bateria pode estar sem carga. 

Não tente fazer o motor funcionar empurrando o carro (o chamado “pegar no tranco”), pois isso pode danificar o catalisador, com risco de incêndio. O procedimento correto é acionar o veículo com a ajuda de uma bateria auxiliar – processo que deve ser feito com bastante atenção e cuidado. 

Confira os passos a seguir:

1 – Certifique-se de que a bateria auxiliar é de 12V;

2 – Se a bateria auxiliar estiver em outro carro, mantenha os veículos afastados, sem que encostem um no outro;

3 – Desligue todos os equipamentos elétricos desnecessários nos dois veículos (rádio, ventilador, ar-condicionado etc.);

4 – Usando os cabos apropriados, conecte inicialmente os polos positivos (primeiro na bateria descarregada e depois na auxiliar);

5 – Conecte os polos negativos;

6 – Verifique se os cabos não estão próximos de alguma parte móvel do motor,

7 – Ligue o carro com a bateria auxiliar. Em seguida, dê a partida no veículo com a bateria descarregada.

Importante: se a causa da bateria descarregada não estiver aparente (equipamentos que foram deixados ligados, por exemplo), encaminhe o veículo a uma oficina o quanto antes, para verificação.

Quando o motor gira, mas não pega

Gabriel Loureiro, diretor técnico da Kia Motors do Brasil, explica que, atualmente, os automóveis possuem muitos sistemas de gerenciamento que podem impedir o funcionamento do motor a fim de preservá-lo: “Tensão baixa da bateria, um fusível queimado, motor com compressão baixa e falha de hardware ou de software podem fazer com que o carro não pegue.”

Se o motor ameaçar, mas não entrar em funcionamento depois de girar a chave no contato, a recomendação é verificar o nível de combustível e buscar algum sinal de vazamento no compartimento do motor. Caso esteja tudo em ordem, o melhor a fazer é chamar o socorro mecânico para resgatar o veículo, já que o problema pode ser mais complexo. 

E se o carro estiver em movimento?

Em caso de pane com o veículo em movimento, reduza a velocidade gradualmente, pare em um local seguro assim que possível e acione a sinalização de emergência (pisca-alerta). 

Se você estiver em um cruzamento, é possível movimentar o automóvel deixando-o engrenado em segunda ou terceira marchas e acionado o motor de partida sem pressionar o pedal da embreagem. Nos modelos com câmbio automático, é preciso deslocar a alavanca para a posição N e empurrar o carro até um local seguro.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA