Voltar

Assinatura de carro

O serviço tira do cliente a preocupação com os custos do carro. Com modelos de negócio que variam de 30 dias a 48 meses, usuários ganham em comodidade e economia



A assinatura de carro nasceu inspirada nos serviços de fleet, ou frotas corporativas, só voltadas a pessoas físicas.

A ideia é oferecer o carro por um período mínimo de 12 meses, com pagamentos mensais e tirar da responsabilidade do usuário todas as desvantagens de ter um veículo. No preço estão embutidos revisões, manutenções, impostos e seguro. 

Segundo Ricardo Rocha, professor de finanças do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), o uso que substitui a posse é uma mudança de hábito mais comum entre os jovens. “O indivíduo percebe que vale mais a pena assinar e utilizar o veículo, calculando a frequência e o custo, em vez de comprar ou financiar. A conta é simples: veja quanto é a assinatura e com qual frequência usará o automóvel e compare com sua depreciação”, afirma.

Uma pessoa no mínimo disciplinada precisa fazer cálculos. Se fosse comprar um carro, colocaria no orçamento custos de financiamento, impostos, documentos, manutenção, revisão e seguro.

Outros gastos, como estacionamento, combustível e pedágio, continuariam existindo independentemente de ter ou apenas usar o carro.

Audi atua com carros de luxo no sistema de assinatura de carro

Participam da assinatura os modelos A6, A7, Q8 e e-tron (foto)

Em setembro, a Audi lançou um projeto piloto de carro por assinatura denominado Audi Luxury Signature, em parceria com a Fleet Solutions, empresa do Grupo Volkswagen que atua na terceirização e gestão de frotas. 

Em uma primeira fase, que vai até dezembro, o programa prevê a oferta de 20 unidades na cidade de São Paulo e Região Metropolitana. A partir de janeiro de 2021, o novo modelo de negócios será avaliado para dar os próximos passos.

Fazem parte do Audi Luxury Signature os modelos A6, A7, Q8 e e-tron em planos de até 2.000 km para rodar por mês e duração mínima de dois anos, com seguro, IPVA, licenciamento, assistência 24 horas e manutenção preventiva incluídos. Outra opção é adicionar blindagem. 

Os valores de assinatura por mês partem de R$ 9.590 (A6), R$ 9.990 (e-tron Performance), R$ 10.590 (e-tron Performance Black), R$ 10.990 (A7), R$ 12.590 (Q8 Performance) e R$ 13.290 (Q8 Performance Black).

  • Planos de duração mínima de dois anos 
  • São 20 unidades disponíveis na Grande São Paulo
  • Participam os modelos A6, A7, Q8 e e-tron
  • Mensais variam de R$ 9.590 e R$ 13.290

“Mais do que ser a primeira montadora a oferecer esta modalidade, nosso objetivo é deixar que o cliente decida se quer adquirir ou usufruir os modelos Audi, de acordo com sua realidade”, afirma Johannes Roscheck, CEO e presidente da Audi do Brasil.

As concessionárias Audi Center são responsáveis por apresentar aos clientes a possibilidade de assinar o plano e oferecer o test drive. Para os modelos e-tron, é possível adicionar o carregador na parcela, do tipo home charger de 7,4 kw ou 11 kw. Os custos de instalação residencial não estão incluídos, porque podem variar de acordo com a região.

Depois do contrato firmado, a Audi fatura o veículo em nome da Fleet Solutions e a concessionária faz a entrega técnica ao cliente, que ficará responsável por levar o veículo às revisões. Se a quilometragem passar de 2.000 km, ele pagará um adicional. No término do contrato, o usuário terá a possibilidade de adquirir o modelo com condições especiais ou simplesmente devolvê-lo na concessionária onde assinou o plano.

Volkswagen oferece SUVs

O serviço VW Sign&Drive está disponível para São Paulo com os modelos T-Cross 200 TSI (foto) e Tiguan Comfortline

A Volkswagen lançou seu plano de assinatura também em parceria com a Fleet Solutions Brasil, e Assobrav, a associação de suas concessionárias.

O serviço VW Sign&Drive está disponível para o estado de São Paulo com os modelos T-Cross 200 TSI e Tiguan Comfortline.

“Todos os dias, nossos especialistas estão pensando em formas inovadoras de conquistar esse consumidor que quer mais conveniência e um tratamento diferenciado. Em seis passos no nosso website, é possível aderir ao programa por assinatura da VW”, revela Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

O plano prevê a assinatura de um ou dois anos, inclui documentação (IPVA, licenciamento e emplacamento), seguro, manutenção preventiva e franquia de 1.800 km para rodar por mês.

Após o pedido, o carro estará disponível em até sete dias úteis. Ao final da assinatura, a montadora incentiva o cliente a trocar o carro por outro modelo e plano.

Os valores e período variam conforme o veículo: as mensais do T-Cross 1.0 200 TSI nas cores cinza Platinum ou preto Ninja custam a partir de R$ 1.899 no plano de um ano. Já o Tiguan Comfortline nas cores branco, prata Pyrit e preto Mystic tem tarifa de R$ 3.659 por mês na assinatura de dois anos.

Os interessados podem fazer o contrato presencial ou online e retirar o veículo na concessionária escolhida. As manutenções deverão ser realizadas em qualquer autorizada da rede. Ao final de 12 ou 24 meses, o concessionário oferece um novo contrato de assinatura.

  • T-Cross 1.0 200 TSI tem plano de um ano com mensais de R$ 1.899
  • Assinatura do Tiguan Comfortline é de dois anos por R$ 3.659 ao mês
  • Franquia prevê 1.800 km rodados por mês. Acima disso é pago à parte

Carro Fácil oferece outros serviços

Assinatura-_Estande-Carro-Fácil-1
Carro Fácil está disponível no estado de São Paulo e na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Uma das empresas mais antigas a adotar esse modelo de negócio é a Porto Seguro, com o serviço Carro Fácil, desde 2016. O cliente fecha um contrato de 12, 18 ou 24 meses, com direito a um automóvel zero km em duas opções de planos. Uma com 500 km mensais e outra entre 1.000 a 2.500 km mensais. 

Atualmente, o Carro Fácil está disponível no estado de São Paulo e na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Entre as vantagens, estão a cobertura de terceiros de até R$ 700 mil, serviço de leva e traz para manutenção preventiva, película escurecida, veículo reserva disponível 24 horas e serviços emergenciais para residência como chaveiro e encanador.

  • Planos de até 500 km ou de 1.000 a 2.500 km 
  • Cobertura de terceiros até R$ 700 mil
  • Assistência 24 horas

 “A maioria dos clientes permanece com o veículo por 12 meses, por causa do atrativo de ter um carro novo sempre”, revela David Pereira, gerente do Porto Seguro Carro Fácil. Está prevista uma multa se o cliente cancelar o serviço antes do término do contrato. 

No Plano Convencional, indicado para quem precisa dirigir distâncias maiores, há mais de 30 opções entre compactos, sedãs, SUVs e carros de luxo. Fazem parte da lista Ford Ka, Hyundai HB20, Volkswagen Virtus e Polo, Ford Ecosport, Nissan Kicks e Volkswagen T-Cross. Caso ultrapasse o limite de quilometragem prevista, o cliente paga a partir R$ 0,50 por km excedente no fim do contrato, mas com a opção de contratar pacotes de quilômetros adicionais para ajustar às suas necessidades. A mensalidade parte de R$ 1.279. 

Já o plano de 500 km mensais é indicado para pessoas que rodam menos. Se superar a quilometragem limite dentro do mês, o consumidor paga R$ 0,80 por km excedente na próxima fatura, sem a necessidade de notificar a Porto Seguro. Ele tem à disposição dois modelos de compactos (Renault Kwid e Ford Ka), com valores a partir de R$ 999. O contrato é válido por 12 meses. 

  • Plano Convencional, de 1.000 a 2,5 mil km, mensais a partir de R$ 1.279 
  • Se exceder a quilometragem o cliente paga 0,50 por km
  • No plano 500 km, a mensalidade parte de R$ 999
  • Se exceder a quilometragem paga 0,80 por km

“Mesmo diante de um cenário desafiador, registramos crescimento de 19% na contratação do Carro Fácil no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2019. Em setembro, tivemos uma alta de 49% na adesão do serviço comparado com fevereiro, mês pré-pandemia”, ressalta Pereira. 

Usecar tem variedade de modelos

Assinatura-_UseCar
Os preços para planos de um ano e limite de 500 km por mês partem de R$ 1.370

Com a expertise das frotas corporativas, a UseCar, empresa pertencente ao conglomerado Carbel Auto Group, também oferece a assinatura por 12 ou 24 meses. Ela opera nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro. Em breve, expandirá os serviços para Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Os preços para planos de um ano e limite de 500 km por mês partem de R$ 1.370 aos veículos econômicos (Ford Ka), R$ 1.830 para executivos (VW Virtus), R$ 1.760 para SUVs (Jeep Compass e Renegade, Ford EcosSport e VW T-Cross) e R$ 3.685 para os mesmos SUVs, mas com tração 4×4. O plano de 24 meses e limite de 500 km custa a partir de R$ 1.155 para carros intermediários (VW Gol, Voyage e Polo e Ford Ka hatch e sedã) e R$ 1.465 para utilitários (Fiat Strada e Toro e VW Saveiro). 

  • 12 ou 24 meses
  • Plano de até 500 km por mês parte de R$ 1.370

Recentemente, a UseCar lançou o Carro Múltiplo, assinatura compartilhada em que pessoas físicas e empresas assinam e compartilham o carro, pagando proporcionalmente pela utilização. O serviço pode ser usado por dois, três e quatro clientes e está disponível inicialmente em Belo Horizonte e São Paulo. O contrato de 12 meses custa a partir de R$ 450 por pessoa. 

LM oferece até pequenos caminhões

Assinatura-_LMFrotas--Novo-Delivery-Express_
As assinaturas partem de R$ 857 mensais (veículos leves) e R$ 2.547 (caminhões)

A LM Frotas, do grupo LM, tem sede na Bahia e está presente em todo o país. Ela oferece dois serviços de assinatura de veículos: AssineCar LM, por 12, 24 e 36 meses, e mais o AssineTruck LM, que faz a locação de caminhões novos para caminhoneiros autônomos, micro e pequenas empresas em planos de 36, 48 e 60 meses. 

  • Carros por 12, 24 ou 36 meses
  • Pequenos caminhões em planos de 36, 48 e 60 meses

“Lidamos com toda a burocracia de compra, entrega, desvalorização, seguro, manutenção e a própria revenda para que o cliente dê total atenção ao que realmente importa para ele: aproveitar tempo com a família, investir seu dinheiro em outra área, desmobilizar seu patrimônio para ganhar fôlego financeiro e expandir seu negócio. Além disso, oferecemos assinatura apenas de veículos zero km e com o menor valor do mercado”, afirma Ricardo Soeiro, diretor-presidente da LM Frotas.

A escolha é do cliente: a gama de veículos inclui hatch, sedã, SUV ou elétrico, com ou sem banco de couro, teto solar, computador de bordo e blindagem, entre outros acessórios. As assinaturas partem de R$ 857 mensais (veículos leves) e R$ 2.547 (caminhões). 

  • Assinatura de carro parte de R$ 857
  • Assinatura de caminhão parte de R$ 2.547

Meoo utiliza telemetria e Internet das Coisas

Em setembro passado, a Localiza, maior locadora do Brasil, lançou o serviço de assinatura, chamado de Meoo. “Oferecemos carros zero km, de diversas marcas, que podem ser customizados. O condutor faz a assinatura eletrônica do contrato e tem em mãos um aplicativo, que permite fazer toda gestão do Meoo, como manutenções, acompanhamento de motoristas, gerenciamento de multas, clube de benefícios e indicação de clientes, que gera descontos na fatura”, informa João Andrade, diretor executivo da Localiza Gestão de Frotas. 

Por meio da telemetria, o carro conectado possibilita avaliação do comportamento do condutor, medições de velocidade alcançada, destinos percorridos e gestão de abastecimento. “O controle é possível graças ao investimento da companhia em IoT (Internet das Coisas), que fornece dados para o melhor uso do veículo, reduzindo custos e contribuindo para uma direção mais segura”, ressalta. 

Com planos de 24 a 48 meses que podem chegar a 4.500 km por mês, a Meoo garante economia de até 30% em relação ao carro próprio. O serviço opera em mais de 600 cidades brasileiras. O contrato de assinatura de um carro básico, com plano de 1.000 km ao mês por quatro anos, custa aproximadamente R$ 1 mil.

  • 24 a 48 meses
  • Planos de até 4.500 km por mês
  • Presença em 600 cidades
  • Tarifas partem de R$ 1.000

Movida é a pioneira na assinatura de carro

Assinatura-_Movida_Jamyl_Jarrus_085
Jamyl Jarrus, diretor executivo comercial e de marketing da Movida: Assinatura é ter um carro sem precisar pagar seguro, documentação, IPVA, licenciamento, DPVAT e manutenção preventiva

Outra gigante da locação, a Movida foi pioneira no aluguel de longo prazo, serviço iniciado em 2017. “O aluguel por assinatura é ter um carro sem precisar pagar seguro, documentação, IPVA, licenciamento, DPVAT e manutenção preventiva. Se não bastasse, evita aborrecimento com a desvalorização do carro”, afirma Jamyl Jarrus, diretor executivo comercial e de marketing da Movida. 

São três tipos de assinatura: o Mensal Flex, com desconto progressivo, ou seja, quanto maior o tempo de locação maior o desconto no preço do aluguel (limitado a 24 meses e com opção de condutor adicional). As franquias variam em nove faixas e vão de 1.000 a 5.000 km. Neste plano, um Fiat Mobi Like ou similar custa R$ 1.779,80 por mês.

  • Plano de 30 dias a 24 meses
  • Franquias de 1.000 a 5.000 km
  • Fiat Mobi 1.0 tem mensais de R$ 1.779,80

O plano Anual é para quem roda de 1.000 a 3 mil km. Aqui, o Mobi ou similar custa R$ 788,70 no primeiro mês e R$ 1.549,90 nos meses seguintes. Já o plano Zero Km, de 12, 18 e 24 meses e as franquias podem variar em seis faixas, de 1.000 a 3.000 km. Tem opção de condutor adicional grátis e carro reserva por 15 dias, para que o cliente não fique a pé nos períodos de manutenção. O Mobi sai por 512,70 nos primeiros três meses e R$ 1.045,50 do quarto ao 24º mês. 

  • Plano Anual, de 1 a 3 mil km 
  • Mobi custa R$ 788,70 no 1º mês e R$ 1.549,90 do 2º ao 12º mês
  • Plano Zero Km é de 12, 18 e 24 meses
  • Tarifa do Mobi a R$ 512,70 (nos três primeiros meses) e R$ 1.045,50 do quarto ao 24º mês

A Movida possui 184 lojas em 97 cidades e oferece mais de 120 modelos para alugar. “Nosso diferencial é a plataforma de e-commerce totalmente conectada. Contamos com modelos de pronta entrega aos clientes que querem fazer o aluguel de longo prazo, mas não têm tempo para esperar a encomenda”, reforça Jarrus. Todos os carros já vêm com ar-condicionado, trio elétrico, freios ABS e dispositivos de cobrança automático de pedágio e estacionamento.

  • 184 lojas
  • 97 cidades
  • Mais de 120 modelos de veículos

Assinatura de carro: Planos de 30 dias

Duas empresas oferecem o aluguel por 30 dias renováveis, com a vantagem de não ter a obrigação de fechar contratos mais longos. A Mobility, especializada no segmento de locação de veículos no Brasil e no exterior, mantém contratos com as principais locadoras. Segundo Oskar Kedor, CEO da empresa, o formato é recente: em agosto, ele iniciou a assinatura com a Central Expert em Carros Mensais, por meio de um sistema que compara as tarifas das principais locadoras. 

O aluguel pode ser prorrogado por quantos meses o cliente quiser. No 27º dia da locação, ele recebe uma notificação de que o contrato está prestes a acabar, dando opções para a renovação. A Mobility conta hoje com Localiza, Movida e Unidas e negocia com locadoras menores. “É uma espécie de concierge mensal do carro”, comenta Kedor. 

Pela Mobility, o financiamento de um Jeep Compass de R$ 126 mil custaria R$ 3.900 mensais. Na assinatura, a mensalidade é de R$ 3.359, o que representa economia de R$ 6.500 ao ano. “Supondo que um Compass deprecie 15% no primeiro ano, já são R$ 18.000 economizados. As pessoas estão abrindo mão do carro, quitando as dívidas e entrando na locação. Só com a depreciação, você já paga meio ano de aluguel. E ganha na lista de benefícios, de ter sempre um carro novo, sem dor de cabeça de cuidar dele”, diz. 

  • Plano do Compass custa R$ 3.359 por mês
  • Economia de R$ 6.500 se comparado com o veículo próprio

Outra experiência é a da Vai.Car, startup que nasceu nos Estados Unidos com o princípio da ausência de propriedade. Há três anos operando no Brasil, ela tem serviço 100% digital, sem loja e sem exigir cartão de crédito. Outro diferencial: o carro é entregue na casa do cliente. 

O mínimo é o aluguel por 30 dias, sem obrigação de ficar com o carro por mais tempo. Se quiser, o cliente prorroga o contrato. A frota é contratada e alugada. “Não faço a gestão de compra e venda. É terceirizado”, explica Helio Netto, CEO da Vai.Car no Brasil. 

A oferta por hatches e sedãs 1.0 tem custo mensal de R$ 1.800. Entre os modelos há Fiat Argo, Uno e Mobi, Chevrolet Onix e Renault Sandero. A lista de sedãs inclui Renault Logan, Nissan Versa e Chevrolet Prisma, de 2018 a 2020, com ar-condicionado, aparelho de rádio básico, direção hidráulica, câmbio manual e vidros elétricos nas portas dianteiras.

  • Mínimo de 30 dias renováveis
  • Na frota hatches e sedãs 1.0 de 2018 a 2020
  • Preços partem de R$ 1.800 mensais

“Temos como vantagem a quilometragem livre, preço fechado com proteção contra sinistros, roubo e furto e toda a assistência. Não exigimos cartão de crédito, pode pagar por boleto e toda a experiência é digital”, afirma Netto. 

A Vai.Car tem clientes que renovaram a assinatura por nove meses. “Eles preferem a comodidade de não ficar amarrado por 12 meses e ter de pagar uma multa se sair antes”, completa o CEO da empresa que, por enquanto, só opera na Grande São Paulo.