Meios de transporte

Stock Car com mudanças na tabela

Próxima etapa da competição acontece no dia 11 de julho em Cascavel, no Paraná

2 minutos, 43 segundos de leitura

24/06/2021

Foto: Duda Bairros
Rubens Barrichello na etapa disputada no Autódromo Velocitta, em São Paulo. Foto: Duda Bairros

Rubens Barrichello e Ricardo Zonta terão de aumentar a estante de troféus em suas respectivas casas. Em dois dias na rodada válida pelas etapas de número 3 e 4 da temporada 2021 da Stock Car Pro Series, os dois experientes pilotos saíram do Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), carregando o peso extra total de dez troféus.

Barrichello, que chegou ao Velocitta com apenas dois pontos no campeonato, somou 95 em todo o final de semana e subiu à sexta colocação na tabela, agora com 97. Ele venceu a Corrida 2 do sábado (19) após a punição dada a Lucas Foresti por uso indevido do push to pass; fez a pole na quarta etapa neste domingo (20), venceu a corrida 1 e foi segundo na corrida 2. Sozinho, Rubinho volta para casa com seis troféus no porta-malas – a pole position, a volta mais rápida da corrida e a maior pontuação da etapa também rendem troféus.

Ricardo Zonta juntou-se a Barrichello na briga da experiência contra a juventude após a vitória de Gabriel Casagrande na primeira corrida do fim de semana ainda no sábado. Ele fez a pole, um segundo e um terceiro lugar e neste domingo venceu a corrida 2 depois de ter sido décimo na primeira. Ele leva quatro troféus para Curitiba (PR), onde reside.

O domingo começou com Rubens Barrichello cravando a pole no classificatório e garantindo a vantagem de largar por dentro para a primeira corrida. O piloto do carro #111 se manteve na ponta durante toda a corrida e venceu a primeira prova válida pela quarta etapa do campeonato. Completaram o pódio Diego Nunes em segundo e Gabriel Casagrande em terceiro. Daniel Serra, Ricardo Maurício, Matías Rossi, Allam Khodair, Marcos Gomes, Guilherme Salas e Ricardo Zonta completaram os dez primeiros que inverteram as posições no grid para a largada da segunda prova.

Com a inversão, quem largou na frente foi Ricardo Zonta que foi o décimo colocado na primeira corrida. Também com o benefício de largar por dentro, o paranaense se manteve na ponta durante a maior parte da prova e assegurou a vitória. Rubens Barrichello em segundo e Cesar Ramos completaram o pódio tendo Gaetano di Mauro, Denis Navarro, Daniel Serra, Guilherme Salas, Allam Khodair, Diego Nunes e Matías Rossi fechando o top-10.

Mesmo fora do pódio, Daniel Serra conquistou um quarto e um sexto lugar, garantindo pontos que o mantiveram na liderança, agora com 131 pontos, 16 a mais que Gabriel Casagrande, que foi duas vezes ao pódio no final de semana com uma vitória e um terceiro lugar e torna-se, assim, o novo vice-líder da competição.

Os 93 pontos somados por Ricardo Zonta no fim de semana o elevam à terceira posição da tabela com 113, um a mais que Cesar Ramos. Diego Nunes é o quinto com 106, seguido agora de Barrichello, que subiu da penúltima para a sexta posição no campeonato, agora com 97 pontos. Denis Navarro (96), Átila Abreu (88), Guilherme Salas (87) e Bruno Baptista (86) são os dez maiores pontuadores do campeonato no momento.

A próxima etapa da Stock Car Pro Series acontece no dia 11 de julho em Cascavel (PR).

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login