Buscando sugestões para:


Patrocinio Dunlop Patrocinio Dunlop
Meios de transporte

Linha 1-Azul: conheça a história da primeira linha de metrô de SP

Obras começaram em 1968 e inauguração foi em 1974, ainda com o nome de Linha Norte-Sul

3 minutos, 58 segundos de leitura

11/06/2022

Por: Redação Mobilidade

Atualmente, linha possui 20,2 quilômetros de extensão e 23 estações. Foto: Getty Images.

A Linha 1-Azul foi a primeira do Metrô de São Paulo. Com isso, a pioneira não só transporta milhares de passageiros, mas carrega na bagagem parte importante da história dos transportes.

Em primeiro lugar, é preciso voltar no tempo para entender a história do sistema. A Lei Municipal nº 6.988, em 26 de dezembro de 1966, autorizou a criação da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.

Entretanto, a fundação da companhia foi em 24 de abril de 1968. Assim, poucos meses depois, em 14 de dezembro de 1968, na Avenida Jabaquara, começam as obras da Linha Norte-Sul.

Apesar do nome diferente, era assim que a atual Linha 1- Azul era chamada. Na época, a construção do sistema metroviário era de responsabilidade municipal. Hoje em dia, é do Governo do Estado.

Depois de alguns anos, em 25 de maio de 1972, começou a implantação dos primeiros trilhos a partir da estação Jabaquara. Segundo o Metrô, os trilhos já estavam implantados em uma linha no Pátio Jabaquara. 

No dia 6 de setembro de 1972, um trem (com dois carros), denominado Unidade-Protótipo, fez a primeira viagem do metrô paulistano entre o Pátio Jabaquara e a estação Jabaquara.

O evento foi no Pátio Jabaquara. Na ocasião, o presidente do Brasil, Emílio Garrastazu Médici, compareceu, pois fez parte da programação de eventos que comemoravam os 150 anos da Independência do Brasil na capital paulista. 

Em 14 de setembro de 1974, aniversário do então governador Laudo Natel, o Metrô foi aberto para o público.

Primeiras estações da Linha 1-Azul

Iniciando pela estação Vila Mariana, no primeiro dia de operação comercial foram abertas também outras estações. Foram elas: Vila Mariana, Santa Cruz, Praça da Árvore, Saúde, São Judas, Conceição e Jabaquara. No total, foram 6,4 km de extensão.

No início da operação comercial, o Metrô funcionava de segunda a sexta-feira, das 9h às 13h, e fechava ao público nos fins de semana. Com o tempo, o horário foi ampliado.

Segundo a companhia, a média diária de passageiros na Linha Norte-Sul (que funcionava de Jabaquara a Vila Mariana) era de 2.858 pessoas.

Em fevereiro de 1975, a Linha Norte-Sul chegou ao centro da capital, na então estação Liberdade. O horário de funcionamento do Metrô na ocasião era das 6h30 às 20h30. 

Após a chegada do metrô em São Paulo, as novidades não pararam. Em 15 de junho de 1975, foi inaugurado o Posto de Achados e Perdidos na estação São Judas. Já em 26 de setembro de 1975, os trens chegam à estação Santana.

“Tatuzão” no Metrô de São Paulo

O trecho entre as estações Liberdade e Luz foi construído pela Tuneladora Shield. Foi então que surgiu o termo “Tatuzão”, criado pelos paulistanos.

De acordo com o Metrô, o método construtivo se deve ao adensamento de grandes prédios na região central da cidade de São Paulo.

Fica nesta região o ponto mais profundo do sistema operado pela Companhia do Metrô: uma área que reveste a estação São Bento.

Este ponto fica cerca de 45 metros abaixo da Rua Boa Vista. Nesta área, o Metrô realiza serviços de sanificação (desratização, desinsetização e combate a possíveis focos de larvas de mosquitos da dengue).

Segundo a companhia, estes serviços também fazem parte da rotina de manutenção em trechos de túneis, em superfície ou em trechos elevados.    

Enfim, Linha 1-Azul

Em 17 de fevereiro de 1978, foi inaugurada a estação Sé, que teria conexão com a futura linha Leste-Oeste. Já em 1993, a Linha Norte-Sul recebeu o nome de Linha 1-Azul.

Por fim, no dia 29 de abril de 1998, chegaram à linha as estações Jardim São Paulo, Parada Inglesa e Tucuruvi. Com isso, a Linha 1-Azul chegou ao que conhecemos hoje: 20,2 quilômetros de extensão e 23 estações.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login