Pedágio em SP ficou mais caro: novas tarifas começam a valer nesta segunda-feira (1/7) | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Pedágio em SP ficou mais caro: novas tarifas começam a valer nesta segunda-feira (1/7)

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade . 01/07/2024
Mobilidade para quê?

Pedágio em SP ficou mais caro: novas tarifas começam a valer nesta segunda-feira (1/7)

Aumento pode chegar a até 4,48% e vai atingir 16 das 20 rodovias concessionadas no estado de São Paulo; confira agora quanto custa ir a Santos, Sorocaba, São José dos Campinas e Campinas

1 minuto, 51 segundos de leitura

01/07/2024

Por: Fellipe Gualberto, especial para o Mobilidade

Novos valores entram em vigor hoje, com exceção da Entervias, que vai subir a tarifa apenas em 6 de julho.

O aumento nos pedágios de SP entra em vigor hoje (1/07) e será de até 4,48% em algumas estradas. A elevação dos preços ocorre em 16 das 20 rodovias concessionadas e tem como objetivo recompor as perdas inflacionárias do último ano, de acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

Leia também: Free flow em SP: saiba como deve funcionar pedágio sem cancela

Os aumentos usam como base o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) ou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de acordo com o contrato assinado por cada concessionária.

Aumentos dos pedágios em SP

A única queda no preço dos pedágio em São Paulo acontece nas rodovias administradas pela concessionária Tebe. Os usuários dessas estradas vão pagar 0,33% a menos nas tarifas, sendo que o cálculo tem como base o IGP-M.

Por outro lado, Arteris Intervias, CCR AutoBan, CCR ViaOeste, CCR SPVias, CCR RodoAnel, CART, Ecovias, Ecopistas, Renovias, Rota das Bandeiras, Rodovias do Tietê, SPMar, ViaRondon e Via Colinas usaram o IPCA para calcular o aumento, cujo incremento é de 3,92%. A Entervias também aumentará a tarifa no mesmo valor, porém, somente no dia 6 de julho.

Por fim, o maior aumento é das estradas sob concessão da Tamoios. Nessas, a tarifa de pedágio será 4,48% mais cara, também com base no IPCA.

Novos valores nos principais trajetos

Para ir da capital paulista até a cidade de Santos de carro, por exemplo, um motorista gastava R$ 35,30 com tarifas. No entanto, com o aumento do preço dos pedágios em SP, o custo será de R$ 36,80.

O trajeto para Campinas, que tinha tarifas que custavam R$ 24,60, sobe para R$ 25,80 a partir de hoje. Ao mesmo tempo, a viagem para Sorocaba custava R$ 25,40 e agora o motorista terá de desembolsar R$ 26,70 para o mesmo destino.

Uma viagem para Ribeirão Preto pagava R$ 82,90 pelos pedágios e agora, com as novas tarifas, passará a pagar R$ 86,10. Ainda no interior paulista, a viagem para São José dos Campos custava R$ 14,30 e passou a R$ 16,20.

Por fim, uma viagem para o Rio de Janeiro custava R$ 65,20 e deve pular para R$ 66,00.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login