Mobilidade para quê?

Moto usada: veja dicas para comprar e vender com segurança na internet

Confira recomendações para evitar que você caia em golpes ou seja enganado em negociações de veículos online

3 minutos, 48 segundos de leitura

08/05/2021

Por: Arthur Caldeira

homem procura motos internet
Segundo dados da OLX, a venda de veículos usados e seminovos cresceu 12% no ano passado em comparação a 2019. Foto: Getty Images

A compra e venda de motos usadas pela internet ganhou ainda mais força nos últimos tempos com as restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Segundo dados da OLX, plataforma de classificados online, as negociações de veículos seminovos e usados cresceu 12% no ano passado em comparação a 2019. Mas, antes de vender ou comprar uma moto usada pela internet, é preciso tomar alguns cuidados para não ser enganado ou cair em golpes.

“Com um maior uso das plataformas online de compra e venda, esse comportamento também foi acompanhado pelo segmento de Autos”, analisa Flávio Passos, vice-presidente de Autos e Comercial da OLX. 

Da mesma forma que no comércio presencial, para que as negociações online tenham sucesso é importante que compradores e vendedores entendam como funciona o ambiente e adotem atitudes para aumentar a segurança nas transações. 

“A OLX investe constantemente em ferramentas de segurança, como verificação do perfil dos usuários, envio de alertas para os usuários que estão vendendo ou fazendo buscas na plataforma com dicas de negociação e mantém um Botão de Denúncia, presente em todos os anúncios, possibilitando que qualquer pessoa reporte eventuais práticas irregulares ou conteúdos indevidos”, alerta Passos.

Mesmo assim, existem algumas dicas importantes de segurança para comprar ou vender uma moto usada por meio da internet; confira.

Para quem compra

1 – Evite negociar com terceiros Ao se interessar por um anúncio, evite negociar com alguém que não seja o proprietário da moto. Desconfie se o vendedor demonstrar pressa ou ansiedade para fechar negócio. Tire qualquer dúvida sobre a negociação e prefira sempre utilizar os meios de comunicação disponíveis nas plataformas. Evite o uso de aplicativos de mensagem.

2 – Verifique informações do veículo – Certifique-se de que o vendedor é o real proprietário do bem. Você pode consultar informações sobre o veículo no site do Detran do seu Estado, além de verificar dados sobre multas e situação do IPVA por meio do Renavam, o Registro Nacional de Veículos Automotores.

3 – Pagamento – Evite realizar qualquer tipo de pagamento antecipado antes de ver a moto e conferir se está em bom estado de conservação e de que se trata do mesmo veículo anunciado. Confira se os dados bancários fornecidos para pagamento são da mesma pessoa com a qual está negociando.

OFERTAS 0KM

4 – Desconfie de preços muito baixos – Fique atento se o valor da moto estiver muito abaixo do mercado. Desconfie se o vendedor alegar que ganhou o veículo em uma promoção/sorteio, que é ex-funcionário de uma empresa, ou afirma trabalhar nas fabricantes de motocicletas; e que, a partir disso, conseguiu um bom desconto ao adquiri-lo.

5 – Opinião especializada Ao identificar um veículo de seu interesse, peça uma segunda opinião a pessoas de sua confiança e, se possível, alinhe com o proprietário uma avaliação presencial na companhia de um mecânico de confiança antes de concluir a negociação.

Dicas para quem vende

1 – Formas de Pagamento – Fique atento às formas de pagamento acordadas. Se for feito por cheque, espere a compensação antes de entregar a moto. No caso de transferência bancária, aguarde até que o valor seja compensado em sua conta.

Se o comprador fizer um depósito nos caixas eletrônicos, espere o tempo necessário para a “abertura dos envelopes”. No caso de pagamento em dinheiro, verifique o valor entregue e também a autenticidade das notas.

2 – Busque informações – Procure levantar informações sobre o comprador. Nunca entregue a moto a alguém que se diga "representante da plataforma", na qual você anunciou sua moto. As plataformas não participam das trocas e entregas de produtos ou serviços que ocorrem entre comprador e vendedor.

3 – Não compartilhe seus dados – A OLX e outras plataformas de classificados online não solicitam informações pessoais que permitam acesso à conta do usuário e nem pede códigos para autorizar a publicação de um anúncio ou confirmar uma compra. Por isso, nunca compartilhe qualquer código de segurança que chegar ao seu celular em nome da plataforma.

4 – Locais públicos Ao agendar um encontro para mostrar a moto ao futuro comprador, escolha sempre locais públicos e movimentados, como estacionamentos de supermercados ou shoppings e vá, de preferência, acompanhado.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login