Connected Smart Cities

Referência para outras cidades brasileiras

Balneário Camboriú (SC) conquista primeira posição, com índices de infraestrutura básica acima das capitais do País

1 minuto, 27 segundos de leitura

01/09/2021

Cidade se sobressai por fazer boa gestão de seus recursos naturais. Foto: Divulgação Necta

Esse recorte é composto por 14 indicadores: 8 concebidos para o próprio eixo, 3 para Energia e 3 para Mobilidade e Acessibilidade. Dos 11 novos indicadores inseridos na edição 2021, nenhum deles faz parte do recorte Meio Ambiente. A nota máxima é de 10 pontos, composto pelos seguintes pesos:

  • 0,5 ponto para os indicadores concebidos para os eixos Mobilidade e
    Acessibilidade e Energia
  • 0,5 ponto para dois dos indicadores concebidos para o eixo Meio
    Ambiente: monitoramento de áreas de risco e porcentagem de resíduos plásticos recuperados
  • 1 ponto para os demais indicadores concebidos para o eixo Meio Ambiente não mencionados no item anterior

Diferentemente de pesquisas internacionais que avaliam partículas sólidas dispersas na atmosfera, qualidade do ar, área verde por habitante ou conforto térmico, por exemplo, o estudo do Ranking Connected Smart Cities prioriza indicadores de infraestrutura e acesso a serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e recuperação de resíduos sólidos.

AVANÇOS EM INFRAESTRUTURA

Balneário Camboriú (SC) conquistou o primeiro lugar no eixo Meio
Ambiente. De maneira geral, as cidades litorâneas, e muitas capitais
brasileiras, possuem problemas em infraestrutura básica, principalmente em relação a abastecimento de água e saneamento.

Balneário Camboriú vai na contramão dessa tendência e apresenta universalização no atendimento urbano de água encanada, tratamento do esgoto coletado e coleta de resíduos residenciais.

A rede de esgoto, apesar de não ser universalizada, se aproxima de 95%, muito acima da média das metrópoles brasileiras. A cidade conta, ainda, com monitoramento de áreas de risco e 2,65% de recuperação dos materiais recicláveis.

  • 94,9% de coleta de esgoto
  • 100% de atendimento urbano de água encanada
  • 2,65% de recuperação dos materiais recicláveis

Para saber mais, acesse: ranking.connectedsmartcities.com.br

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login