Buscando sugestões para:


Logo
Patrocínio
Manter

Dicas para prolongar a vida útil do motor diesel

Mais robusto que o movido a gasolina ou flex, esse tipo de propulsor requer cuidados especiais

2 minutos, 55 segundos de leitura

28/12/2021

motor diesel
Foto: Getty Images

Até alguns anos atrás, o motor diesel equipava principalmente veículos pesados, como caminhões e ônibus. Hoje, ele está cada vez mais presente em utilitários esportivos, como o Jeep Renegade, e picapes, como a Fiat Toro. Seu sistema é diferente do que existe em carros a gasolina e flex e, por isso, exige uma manutenção diferente. 

“A combustão do motor a gasolina acontece por meio de uma faísca da vela de ignição, ao passo que, no diesel, a injeção é direta e a queima se faz a partir do calor liberado quando o ar é altamente comprimido na câmara de combustão”, afirma o engenheiro Marco Barreto, coordenador do curso de mecânica automotiva da Pós-Graduação do Centro Universitário da FEI.

Ao contrário da gasolina, o diesel apresenta capacidade inferior de vaporização e não entra na câmara de combustão do motor como uma mistura de combustível e ar, mas, sim, pelo injetor de alta pressão. Não é à toa que esse tipo de motor é mais barulhento. O curso do pistão é longo e ele possui mais torque para compensar a deficiência na vaporização. 

Embora seja robusto, o motor diesel precisa de alguns cuidados para ter sua vida útil preservada e, até mesmo, prolongada. Confira a seguir:

1. Motor precisa esquentar

A utilização de um veículo com motor diesel por pouco tempo e em trajetos curtos é nociva para o sistema. 

“Se o carro for usado só para levar o filho à escola e voltar para casa, não dá nem tempo de o motor chegar à temperatura ideal para se alcançar a eficiência da combustão”, explica Barreto. “A carbonização é diferente e o motor trabalha em condições inadequadas.” 

2. Diesel adulterado

A exemplo do que acontece muitas vezes com a gasolina e o etanol, o diesel também pode ser vendido adulterado por postos de serviços não confiáveis. Na composição do diesel, há 10% de biodiesel, produzido a partir de óleos vegetais. Mais de 50% da vida útil do motor diesel é determinada pela qualidade na hora do abastecimento.

“Mas tem gente que adiciona água na mistura”, alerta Barreto. “Assim, não escolha postos suspeitos e que cobram preços muito abaixo dos praticados no mercado”. A perda imediata de desempenho é um indício de que o tanque recebeu diesel “batizado”.

3. Troca de peças

O uso recorrente de diesel adulterado provoca borras no motor e causa danos em componentes que, dependendo da avaria, precisarão ser trocados. Se isso acontecer, siga as especificações do fabricante para não comprar peças de qualidade inferior ou que não sejam condizentes com o motor.

“Escolha produtos certificados e recomendados pelo fabricante”, diz Barreto.

4. Diesel sempre novo

O diesel não deve permanecer muito tempo no reservatório do veículo. “Quando o carro fica parado por longos períodos, o óleo corre o risco de ser contaminado por pequenas partículas, colocando em risco a vida útil do motor e de seus componentes”, ressalta o engenheiro. 

Verifique também o estado do filtro do óleo e faça a substituição se for necessário.

5. Sem marcha lentaEvite utilizar a marcha lenta com frequência, porque ela é responsável por aumentar a poluição e o consumo, além de comprometer a vida útil do motor diesel.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA