Patrocinados

Três homens em conflito

Stock Car Pro Series vai para a Super Final, com três pilotos brigando pelo título

4 minutos, 12 segundos de leitura

24/11/2021

Por: Alan Magalhães

stock car 2021
Thiago Camilo dominou a prova 1, em Santa Cruz, com pole e vitória. Fotos: Duda Bairros

O conflito aqui é esportivo, e não tem nada de falta de entendimento entre as partes, a não ser, é claro, a imensa vontade de vencer, diferentemente do clássico do cinema de 1966 Três Homens em Conflito, último filme da trilogia que Clint Eastwood fez com o diretor Sergio Leone, cujo mote, em meio à Guerra Civil Americana, eram três homens fazendo de tudo para colocar as mãos em US$ 200 mil roubados.

Aqui, não há nada roubado, mas, sim, um belo prêmio e a glória a ser conquistada. E talvez seja um dos títulos mais valorizados da longa história da Stock Car, já que tivemos uma temporada disputadíssima e com um equilíbrio entre os carros poucas vezes igualado e um nível de pilotagem altíssimo.

O paranaense Gabriel Casagrande, junto com os paulistas Daniel Serra e Thiago Camilo, “carimbou o passaporte” para a grande final, que será disputada no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo (SP), em duas corridas movimentadas e cheias de alternâncias, disputadas no último final de semana, no autódromo de Santa Cruz do Sul (RS).

Com os descartes dos quatro piores resultados durante a temporada, Casagrande, Serra e Camilo partem para Interlagos como os únicos com chances de terminar no primeiro lugar do campeonato. Dos três, apenas Daniel Serra, tricampeão em 2017, 18 e 19, já possui título na principal categoria do automobilismo brasileiro. 

Tráfego intenso

A 11ª etapa da Stock Car foi disputada, no último domingo, em duas provas, sob o forte calor de 36 ºC, e teve como vencedores Thiago Camilo e Ricardo Maurício, na Corrida 1 e Corrida 2, respectivamente. Casagrande e Serra travaram um intenso duelo pelo quarto lugar, na primeira prova, mas, na corrida complementar, com o grid invertendo os dez primeiros, o jovem líder do campeonato saiu-se melhor na largada e logo se colocou entre os quatro primeiros. Serra enfrentou não apenas um tráfego mais intenso mas um carro que rendeu menos e que não lhe permitiu avançar para se colocar entre os líderes.

Com um quarto e um sexto lugares na etapa, Casagrande passou a somar 336 pontos na liderança, com Serra atingindo 311 depois da quinta e da décima colocações. Já Thiago Camilo, que chegou a Santa Cruz do Sul ocupando apenas o sétimo posto na tabela, subiu para o terceiro lugar, ajudado pelos pontos da vitória e o nono lugar, nas duas corridas. A vitória, na primeira prova do dia, foi a 36ª da carreira de Thiago Camilo, que agora soma uma vitória a menos que o pentacampeão Cacá Bueno – o mais bem-sucedido piloto em atividade na Stock Car.
Casagrande vai para a Super Final BRB com 25 pontos de vantagem sobre Serra, uma dianteira que corresponde quase à metade dos 56 pontos que serão colocados em jogo na rodada final. Se a missão de Serra é difícil, as chances de Camilo são matemáticas – precisa torcer para o líder zerar nas duas provas de Interlagos, vencer as corridas e conquistar o título por ter mais vitórias na temporada do que Casagrande. E, claro, ainda há o vice-líder Serra a ser batido.

“É a primeira vez que eu chego à final na liderança da Stock Car”, disse Casagrande, 26 anos, representante da nova geração da categoria. “Como falei antes dessa etapa, a responsabilidade era toda dos meus adversários. Eles que venceram inúmeros títulos e corridas, e eu sou o cara que está chegando agora”, declarou o paranaense, jogando a responsabilidade para seus adversários.

“Estamos na briga, só termina quando acaba e tudo pode acontecer”, respondeu Serra. “Já cheguei à decisão de título com essa vantagem e nem por isso estou tranquilo. Então, fiz o papel de caça e, agora, é minha vez de ser o caçador. Vamos virar o caçador e pegar ele na final”, concluiu o tricampeão.

carros de daniel e gabriel
Daniel Serra e Gabriel Casagrande são os mais cotados para o título de 2021. Foto: Duda Bairros

Black Friday

A Super Final BRB, em São Paulo, contará com mais duas novidades. A primeira é a liberação de 100% da capacidade de público no autódromo de Interlagos, uma oportunidade que os fãs da categoria não têm desde 2019. Aproveitando a semana da Black Friday, que acontece no próximo dia 26, a categoria também vai inovar ao vender ingressos durante a campanha criada pelo setor do comércio para oferecer descontos especiais aos consumidores.

O retorno do público seguirá as normas sanitárias locais. Somente será permitida a entrada de pessoas em conformidade com o decreto 60.488/2021 e o protocolo sanitário do evento, de acordo com as políticas determinadas pela Prefeitura do Município de São Paulo e pelo Governo do Estado de São Paulo. Ingressos: a partir de R$ 35 (meia-entrada).

Para conferir todos os detalhes de acesso, preços e formas de pagamento, acesse.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login