Caloi E-Vibe

Indicado para:
Lazer
Trabalho
Mais Detalhes
Preço R$ 6.000
Quadro Alumínio 6061 tratado
Tamanho 16
Garfo Aço, rígido
Aros Rodi Tryp alumínio, parede dupla
Movimento central Cartucho selado
Câmbio traseiro Shimano Tourney - Ty500 – sete velocidades
Cubos Dianteiro Alumínio de 36 furos / Traseiro
Motor ETM-HUBX2 de 350w
Freios Hidráulico Shimano MT200

Lançada no início do segundo semestre de 2020, a dupla Caloi E-Vibe Easy Rider e Caloi E-Vibe Urbam chega com proposta de oferecer a melhor relação custo-benefício do mercado entre as bicicletas elétricas. Os modelos têm especificações idênticas e se diferenciam somente pelos grafismos aplicados no quadro.

As características das bicicletas Caloi E-Vibe reúnem itens para proporcionar conforto e segurança nos deslocamentos urbanos. O quadro, além da leveza do alumínio, tem o tubo superior bem rebaixado, o que facilita descer e subir da bicicleta. Já os pneus g-one 27,5 x 2.25, da Schwalbe, garantem altura e largura necessárias para enfrentar os eventuais buracos de ruas e avenidas.

Cinco níveis de assistência na Caloi E-Vibe

As magrelas trazem motor elétrico de 350 Watts de potência no cubo da roda traseira com pedal assistido. O ciclista dispõe de cinco níveis de assistência na E-Vibe, podendo se beneficiar de 50% a 95% da força do motor para a pedalada. Na prática, promete rapidez no plano e força para as subidas.

A bateria é removível e fica instalada sob o bagageiro traseiro. Segundo a fabricante, a autonomia é de 60 km no modo econômico. As Caloi E-Vibe Easy Rider e Urbam também podem ser usadas sem o auxílio do motor, caso a bateria acabe. Na tomada, a recarga exige pouco mais de quatro horas para garantir 80% da capacidade da bateria.

Algumas conveniências fazem a diferença para o uso nas cidades. A bateria possui porta USB para carregamento de dispositivos móveis e o display das bicicletas funciona como um computador de bordo, com informação de velocidade, hodômetro total e parcial, nível de energia disponível e seleção do modo de assistência do pedal.

Mais Detalhes
Preço R$ 6.000
Quadro Alumínio 6061 tratado
Tamanho 16
Garfo Aço, rígido
Aros Rodi Tryp alumínio, parede dupla
Movimento central Cartucho selado
Câmbio traseiro Shimano Tourney - Ty500 – sete velocidades
Cubos Dianteiro Alumínio de 36 furos / Traseiro
Motor ETM-HUBX2 de 350w
Freios Hidráulico Shimano MT200
arrow-right Versatilidade
arrow-right Custo-benefício
arrow-right Conforto
arrow-right Autonomia
arrow-right Tempo de recarga
arrow-right Peso
Notí­cias Relacionadas
Bike elétrica: conforto e rapidez

O futuro da mobilidade está na bike elétrica

A média de uso de cada bike elétrica compartilhada é de 15 vezes ao dia, além de percorrer distâncias 30% mais longas que as bikes convencionais

4 modelos de bicicleta multifuncional

Com a ampliação de seu uso na mobilidade urbana, a bicicleta ganha novos modelos e funções

Bicicleta elétrica e convencional: qual é melhor para a saúde?

Estudo verificou que pessoas com sobrepeso que utilizaram a bike elétrica tiveram resultados próximos daquelas que usaram a convencional

Bicicleta elétrica e ciclomotor: diferenças e regras para pilotar

E-bikes podem circular por ciclovias e ciclofaixas e dispensam habilitação do condutor, segundo resolução do Contran

Bicicletas elétricas compartilhadas chegam ao Brasil; conheça

Programa Bike Itaú disponibilizará, inicialmente no Rio de Janeiro, 500 bicicletas elétricas

Bikes elétricas para delivery

O explosivo crescimento de vários tipos de entrega aquece o mercado de venda e locação de bicicletas para uso comercial

Como preparar a primeira cicloviagem

Conheça os tipos de bicicleta mais indicados para viajar, quais equipamentos usar e o que levar em sua aventura em duas rodas

Bikes se fortalecem como alternativa de transporte

Elas ganharam o status de modal mais seguro contra as aglomerações. Com isso, pode ter chegado o momento de iniciar uma transformação urbana completa

Fantic Issimo é bicicleta elétrica 'amigável' para pedalar na cidade; assista

Com quadro baixo, rodas aro 20 e pneus largos, a e-bike da marca italiana tem motor de assistência ao pedal e câmbio de cinco marchas. Preço é de R$ 27.500

Investir em mobilidade se reflete em um novo mundo

A pandemia acelera mudanças de hábitos e é hora de apostar nas empresas que proporcionam melhorias para a sociedade

Novos caminhos para bikes

Empreendimentos residenciais e comerciais oferecem bicicletas compartilhadas a seus moradores e usuários

Paris testa bicicletas elétricas em emergências médicas

Empresa criou a primeira bicicleta elétrica projetada para uso médico em meio aos congestionamentos da capital francesa

Quanto vale sua mobilidade?

Quanto vale evitar um trânsito caótico, chegar mais cedo em casa e passar mais tempo com a família, desestressado e leve?

Seguro gratuito para bikes e patinetes compartilhados

Parceria com seguradora oferece mais tranquilidade aos usuários de micromodais da Scoo

Startup cria primeira smart bike brasileira

Novo modelo de bicicleta elétrica da Vela Bikes tem software próprio e aplicativo para smartphone que controla suas funções

Vantagens e desafios das bikes elétricas

Vela 2 é bicicleta elétrica inteligente controlada por aplicativo; assista

Novo modelo da startup Vela Bikes une propulsão elétrica, mobilidade ativa, geolocalização e conectividade na primeira smart bike brasileira

Quer saber quanto vale sua bike?

Consulte abaixo
Você também pode gostar de: