Patrocinados

Sua majestade de volta

Na próxima etapa da categoria, o público voltará a ocupar as arquibancadas

3 minutos, 56 segundos de leitura

03/11/2021

Por: Alan Magalhães

stock car 2021
Thiago Camilo e seu torcedor talismã Lucca Machado. Foto: Rafael Gagliano

Não é um piloto que retorna à categoria ou uma equipe integrando novamente o grid, mas a volta do mais importante personagem do esporte: o torcedor.

A relação entre esporte e torcedores é sempre carregada de muita paixão e emoção, mas, no automobilismo, elas transcendem, percorrendo caminhos bem mais emocionais do que o simples fato de marcar um gol ou fazer uma cesta.

O esporte motorizado tem um ingrediente que nenhum outro consegue agregar: as máquinas, que se confundem com seus pilotos, e os próprios, que encarnam a personalidade de heróis. Não são poucos os vídeos encontrados na internet, que mostram torcedores com deficiência visual, vibrando em autódromos com o som dos motores. São sentimentos que a pandemia tratou de represar, diante da proibição das competições esportivas, e, depois, quando foram retomadas, da presença de torcedores.

A Stock Car Pro Series é a categoria nacional que mais fãs tem no Brasil, graças à sua trajetória de mais de quatro décadas e ao alto nível de seus pilotos, que, inevitavelmente, acabam virando ídolos.

Eles voltarão na próxima

Finalmente, após quase dois anos, os torcedores retornarão às arquibancadas na próxima etapa da Stock Car Pro Series, que será disputada no circuito de Santa Cruz do Sul (RS), penúltima etapa da temporada. A última prova disputada com torcida foi a Superfinal, de 2019, em Interlagos.

“Desde o começo da pandemia, nós recebemos mensagens dos fãs perguntando sobre a volta do público aos autódromos. Por isso, sabemos que há uma demanda reprimida, os fãs estão muito ansiosos por esse momento. Felizmente, ele chegou.

Do ponto de vista do negócio, será um novo impulso para a Stock Car. Se nós crescemos como nunca nestes últimos dois anos, apesar da pandemia – e digo isso com todo o respeito ao que todo o Brasil vem passando –, o retorno dos fãs vai turbinar as ações promovidas pelos pilotos, equipes e patrocinadores para agradar a esse público apaixonado. É bem mais do que a fria questão de abrirmos, novamente, as arquibancadas. A chegada deles, a vibração, as interações – tudo vai tornar essa corrida algo muito emocional”, comemora Fernando Julianelli, CEO da Stock Car Pro Series.

Santa Cruz do Sul é exatamente a cidade-sede da torcida organizada Amigos do Alambrado, que acampa nos autódromos e torce fervorosamente pelo piloto gaúcho Tuca Antoniazzi, da equipe Web.continental. “Os caras são sensacionais, fazem festa o final de semana inteiro e me acompanham desde meu início no automobilismo”, conta Antoniazzi, ex-piloto de motociclismo e de motos aquáticas, que hoje compete na Stock Car.

Um dos casos mais emblemáticos é do torcedor mirim Lucca Machado, 9 anos, fã do piloto Thiago Camilo. Depois de fazer a família viajar mais de seis horas para ver o ídolo competindo, um cartaz desenhado à mão foi a senha para ser convidado para assistir a uma etapa no boxe da Equipe Ipiranga. Lucca acabou virando um talismã e foi, na mesma Santa Cruz do Sul, que ele trouxe sorte, ao ver Thiago conquistar um segundo lugar em 2019. “O reconhecimento de uma criança é sinceridade pura, e decidi convidá-lo para assistir à corrida no meu boxe. Quis retribuir aquele carinho todo, contou Thiago.

A boa notícia é que a família do Lucca está se preparando para mais uma viagem longa, pois pretende ir da cidade de Três de Maio (RS), onde residem, para Santa Cruz do Sul, para torcer para o ídolo, na volta do público aos autódromos.

Até casamento

casamento aconteceu na stock car
O casal Matheus Zanini e Karen Nardella tem automobilismo até nas fotos pré-casamento. Foto: Juliano Stella/KTF

A paixão pelo automobilismo confunde-se com o casal Matheus Zanini e Karen Nardella. O hoje advogado Matheus é apaixonado por carros e automobilismo desde criança, sem perder nenhuma prova da Fórmula 1. A arquiteta Karen, até então namorada, acompanhava as corridas junto com Matheus, mas com preferência à Stock Car, que, segundo ela, parecia mais segura, pois os carros são fechados”.

O casal planejou um ensaio fotográfico pré-casamento em uma etapa da Stock Car, mas a pandemia atrapalhou não apenas a sessão de fotografia como até o casamento, que acontecerá com um ano de atraso, no mês que vem.

A solução foi fazer os cliques dentro da sede da Equipe KTF, que cedeu o espaço ao ser contatada pelos noivos por meio das redes sociais. “Na próxima corrida em Interlagos, certamente, estaremos lá; que saudade de ver a Stock Car de perto”, comenta Matheus.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login