Honda PCX 150

Mais Detalhes
Preço a partir de R$ 12.710
Motor monocilindro, quatro tempos, duas válvulas, arrefecido a líquido, 149,3 cc
Potência 13,2 cv a 8.500 rpm
Câmbio automático por polia variável (CVT)
Quadro tubular de aço
Pneu dianteiro 100/80-14
Pneu traseiro 120/70-14
Tanque de gasolina 8 litros
Peso 126 kg

Por vários anos o scooter mais vendido do Brasil, o Honda PCX 150 está na terceira geração com suas principais características como economia, praticidade e conforto. Por adotar motor de 150cc, quatro tempos, arrefecido a líquido e com injeção eletrônica, o Honda PCX consegue fazer médias de consumo que facilmente superam 30 km/litro. Com potência de 13,2 cv a 8.500 rpm, ele é capaz de alcançar velocidade máxima de 110 km/h (limitada eletronicamente).

São quatro modelos disponíveis: Sport ABS, DLX ABS (ambos por R$ 14.410), PCX ABS (R$ 13.990) e PCX CBS (R$ 12.710). Os modelos Sport, DLX e ABS contam com freios ABS de duas vias e se diferenciam apelas pelas cores sólidas ou metálicas. Já o modelo CBS tem freios combinados – que acionam as duas rodas –, mas não contam com sistema antibloqueio das rodas (ABS).

Todos os modelos do Honda PCX têm painel 100% digital com informações como consumo médio, nível de gasolina e relógio. Também são equipados com sistema “idling stop” que desliga o motor quando parado por mais de três segundos. 

Quadro tubular do Honda PCX 150

O quadro tubular do Honda PCX – chamado de underbone – e as rodas de 14 polegadas aproximam essa moto ao mesmo nível de estabilidade de uma motocicleta. O scooter tem ainda um grande porta-objetos sob o banco, tomada de 12V dentro de um pequeno porta-luvas e chave smart key, presencial, tecnologias que vieram dos automóveis e começam a aparecer nas motos e scooters.

Trata-se de um scooter muito procurado pelo público feminino por causa da facilidade do câmbio automático CVT (por polia variável) e da pequena altura do banco ao solo, 764 mm e baixo peso (126 kg). 

Uma das razões de seu sucesso vem também da garantia de três anos e da fácil revenda, pois além da baixa depreciação, tem liquidez quase imediata. Seu principal concorrente no mercado é a Yamaha NMax 160. 

Mais Detalhes
Preço a partir de R$ 12.710
Motor monocilindro, quatro tempos, duas válvulas, arrefecido a líquido, 149,3 cc
Potência 13,2 cv a 8.500 rpm
Câmbio automático por polia variável (CVT)
Quadro tubular de aço
Pneu dianteiro 100/80-14
Pneu traseiro 120/70-14
Tanque de gasolina 8 litros
Peso 126 kg
arrow-right Economia de gasolina
arrow-right Tecnologia
arrow-right Fácil de revender
arrow-right Preço
arrow-right Suspensão dura
arrow-right Manutenção cara

Quer saber quanto vale sua bike?

Consulte abaixo
Você também pode gostar de: